Mico leão dourado 

Um pouco mais de um ano após conseguir dos grandes bancos brasileiros uma carência inédita para o pagamento de juros e principal da dívida bilionária da varejista Máquina de Vendas, o empresário mineiro Ricardo Nunes, após não alcançar os resultados esperados, prepara sua saída da companhia que criou. Segundo informações obtidas por este blog, Ricardo e seus sócios terão que transferir o controle da companhia para os bancos credores, que já não sabem o que fazer com o mico leão dourado no que o negócio se transformou. De malas prontas, Ricardo já revelou a amigos que irá concentrar seu tempo e energia na Vic Engenharia, construtora especializada na construção e comercialização de imóveis populares. Pelo jeito, a pedalada dos bancos Bradesco e Itaú, maiores credores da companhia, desta vez não deu certo. Só resta saber se as instituições irão finalmente provisionar os empréstimos desta vez, como manda a cartilha do banco central ou continuarão maquiando seus balanços. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: