Teia de gastos do TJBA

Do Tribunal de Justiça da Bahia saiu uma comitiva de desembargadores rumo a Itália, formada pela Presidente do Tribunal, Maria do Socorro Santiago, e pelas desembargadoras Lisbete Teixeira, Maria de Lourdes Medauar, pelo desembargador Maurício Kertzman Sporer e por um digitador. Todas as despesas serão pagas pelo pobre judiciário baiano. A justificativa  foi a necessidade de tomar um curso sobre “O Sistema Tributário Italiano” – do Sistema Tributário Brasileiro ninguém entende e nem quer entender. Na Bahia, as Varas de Fazenda Pública andam abarrotadas de processos e ao invés de tomar conta da casa dos outros, seria mais interessante e producente que os magistrados gastassem tempo e dinheiro para, junto aos Executivos Estadual e Municipal, encontrar solução para diminuir os processos que se arrastam e abarrotam a justiça. Afinal, acredita-se que os magistrados baianos não vão atuar em ações que envolvam o sistema tributário italiano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: