Acordos sem advogados

Aproveitando da aplicação das novas leis da Reforma Trabalhista, que mudou as relações de trabalho, as empresas estão demitindo e recontratando em moldes mais justos e econômicos. Elas não querem mais a participação de advogados trabalhistas nas negociações dos acordos, muito menos os trabalhadores. Houve inclusive uma queda de ações trabalhistas na ordem de 40% nos Tribunais Regionais do Trabalho em todo o Brasil. É a celebre frase “mais vale um mal acordo, do que uma boa briga”, principalmente quando nela quem ganhava mais era o advogado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: