Missão impossível

Uma das missões mais difíceis será derrubar o esquema de corrupção que domina a CBF. O atual presidente, Del Nero, continua dando as cartas. Para ser eleito presidente da CBF o candidato tem que ter maioria simples. Os votos são distribuídos desta forma: cada uma das 27 federações tem direito a três votos. Com isso elege o presidente, pois a soma delas é de 81 votos. Cada clube da série A tem direito a dois votos, como são 20, somam 40 votos. Os clubes da série B que só tem um voto, somam 20, pois são 20 clubes. Como se vê, a quadrilha da CBF não sai tão cedo do comando do futebol brasileiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: