Sem chapa branca

Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, que nos governos petistas chegaram a liderar os rankings de mercado de capitais no Brasil, quase sumiram do mapa sob a liderança de presidentes quebra-faca como Paulo Rogério Caffarelli e Gilberto Occhi. Com o fim do BNDES, a ausência dos bancos federais no mercado local tem trazido péssimos reflexos para as empresas, que tem sido obrigadas a ceder às condições impostas pelo oligopólio liderado por Itaú BBA, Bradesco e Santander. Eis a melhor explicação para o Brasil possuir disparado o maior spread bancário do planeta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: