Concessão fracassada II

Após a revolução trazida pelas concessionárias nos terminais de Campinas, Belo Horizonte e Galeão, fica evidente que a concessão de Porto Seguro é simplesmente para inglês ver. Enquanto isso, os passageiros pagam caro pelo o que simplesmente não existe. Especialistas do assunto ouvidos pelo blog, afirmam que o Governo do Estado da Bahia deveria aproveitar a grande demanda de investidores por terminais como Porto Seguro para rever ou fazer uma nova concessão do aeroporto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: