Uma nova data

Depois de gastar bilhões, liberar emendas e lotear cargos, até agora o governo não tem um número necessário para aprovar uma Reforma da Previdência que já está toda mutilada. O Senador Paulo Paim (PT-RS), uma das maiores autoridades no assunto, acaba de apresentar uma farta documentação onde atesta que se o governo receber o que tem direito dos sonegadores, acabar com as suas mordomias e auxílio-moradia, e não há necessidade desta reforma. Ela por sinal já foi adiada nove vezes, e agora anunciam o dia 28 de fevereiro como data definitiva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: