A Bahia presente

Sempre que acontece um escândalo no Brasil, a Bahia é coadjuvante. O Estado de São Paulo publicou uma denúncia das mais sérias apontando os magistrados que recebem além do teto legal. E na relação consta o nome do desembargador Valtércio de Oliveira, que foi presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia e que recentemente foi nomeado para o Conselho Nacional de Justiça. O cavalheiro, nos últimos meses, recebeu a bagatela de R$ 100 mil mensalmente. Um escândalo inexplicável. É este senhor que acaba de ser nomeado para o CNJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: