Caixa de pandora

O banco suíço Credit Suisse e as companhias CCR, Usiminas, Energisa e J. Malucelli terão que explicar em detalhes as operações fechadas em 2009 com o delator e ex-executivo da Caixa Economica Federal, Roberto Madoglio, que acaba de fechar acordo para devolver cerca de R$40 milhões recebidos em propinas de companhias que tomaram recursos do FI-FGTS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: