Tempo quente na OAS

A OAS emitiu um comunicado esta semana justificando a seus funcionários o atraso no pagamento dos salários. Avisava que estava tomando providências para efetuar os pagamentos. Ocorre que César Mata Pires Filho foi à empresa e, com dedo em riste, cobrou explicações do presidente Elmar Varjão. A discussão esquentou e houve troca de empurrões e xingamentos. A verdade é que, a exemplo da Odebrecht, a OAS está caindo pelas tabelas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: