A vez de São Paulo

A OAS e a Odebrecht dinamitaram o PSDB de São Paulo. Em delações premiadas, os seus executivos contaram que entregavam o dinheiro da propina a Paulo Viera de Souza, o Paulo Preto, que comandou o Dersa durante três anos em São Paulo. Paulo Preto já avisou que vai dizer a quem entregou. O PSDB de Fernando Henrique e o MDB de Michel Temer foram os maiores beneficiados. Chegou a vez da paulicéia desvairada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: