Oligopólio no holofote

As contundentes acusações do Nubank contra o oligopólio formado por Bradesco, Itaú, Banco do Brasil e Santander acendeu o sinal de alerta máximo nos comitês de crise dos grandes bancos. Diferentemente do passado onde os pleitos das fintechs e dos bancos pequenos não prosperavam, daqui para frente as coisas devem ser bem diferentes. O principal motivo é que ex-presidentes e executivos de alto escalão do Banco Central são sócios ocultos ou declarados das fintechs, que vieram para ficar e revolucionar a indústria bancária.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: