Prisões educativas

Sobre a Lava Jato, Moro disse que as prisões preventivas de presidentes de empresas foram importantes até como ações educativas para se parar com a corrupção. Lembrou que o esquema foi descoberto em 2014, quando foram presos os primeiros executivos, mas continuou e só parou depois da prisão dos donos das empresas em 2015.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: