Conselho não quer Maluf

O deputado federal José Carlos Araújo, integrante do Conselho de Ética da Câmara, revelou ontem que Paulo Maluf não pode ser julgado neste Conselho. Ele já foi substituído na Casa pelo seu suplente, já entregou o apartamento funcional, teve o salário suspenso e o que ele deve fazer é prestar esclarecimentos à justiça, já que foi condenado pelo STF a alguns anos de prisão. Não tem portanto nenhuma prerrogativa. A propósito, o deputado José Carlos Araújo pediu vistas no processo do deputado Lúcio Vieira Lima. Tem 24 horas para devolver.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: