CGU confirma o que adiantamos

O engenheiro Mario Gordilho alertou neste blog que a transposição do rio São Francisco era a obra mais equivocada da engenharia brasileira; falou dos erros de execução e afirmou que a chance de funcionar é mínima. Agora o relatório da auditoria da Controladoria Geral da União confirma isso, aponta os erros, as falhas de planejamento, execução, e a falta de verba para a continuidade e sustentabilidade da obra. A transposição já custou R$ 10,7 bilhões e tem custo final estimado em R$ 20 bilhões. Como se sabe, a corrupção é grande e esta obra ainda deve levar muitos empreiteiros e políticos para a Lava Jato.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: