Missão impossível

Se aceitar candidatar-se ao governo de Minas Gerais, o senador Antonio Anastasia (PSDB) terá pela frente uma missão praticamente impossível. Anastasia terá que não só defender o legado de seus problemáticos antecessores Eduardo Azeredo e Aécio Neves, como explicar em detalhes as falcatruas do delator Oswaldo Borges frente à estatal mineira Codemig durante sua gestão.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: