Mea-culpa do trio

Na sessão de ontem do STF, quando dez ministros votaram pela restrição de foro privilegiado para senadores e deputados federais, três deles aproveitaram a oportunidade e fizeram uma mea-culpa. Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, este último irá votar na sessão de hoje, atacaram o Ministério Público, Polícia Federal e a imprensa. Não fosse a vigilância da sociedade brasileira representada nesses três órgãos, não chegaríamos a uma solução para restringir o foro privilegiado e combater a corrupção no país.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: