O mais violento ataque ao Judiciário e ao Ministério Público Federal

Na sessão de ontem no STF, sobre a restrição do foro privilegiado para senadores e deputados federais, o ministro Gilmar Mendes, que votou favorável, desferiu o mais violento ataque ao Judiciário e ao Ministério Público Federal. Juízes e promotores foram alvos de denúncias gravíssimas. Gilmar Mendes chegou a reclamar que o Brasil não precisa de 24 Tribunais de Justiça do Trabalho. Falou do excesso de férias, e sobretudo de salários e vantagens. Poucas vezes um magistrado foi tão contundente nas críticas à Justiça brasileira. A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, defendeu os juízes mas reconheceu que é necessário algumas mudanças. Este fato terá desdobramentos nos próximos dias, mas de uma coisa todos estão certos: o ministro Gilmar Mendes é o maior inimigo dos juízes e dos procuradores do país. Resta saber como a sociedade brasileira vai reagir.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: