Sem fiscalização

As operadoras de TV por assinatura no Brasil continuam reprisando programas e não têm recursos para contratação de espetáculos convincentes. Sem nenhum pudor, o que assistimos é ao programa do Roberto D’Avila repetir por mais de dez vezes uma entrevista do ministro Gilmar Mendes. Os programas de Bela Gil sobre alimentação já se repetiram oito vezes. A fuga de assinantes continua sendo grande. Infelizmente no Brasil não existem agências de respeito para fiscalizar e coibir estes abusos. A TV por assinatura perde clientes em todo país.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: