MPF e PF de olho na máfia do lixo

Em Brasília, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal já mapearam a licitação da coleta de lixo em Salvador. Carlos Villa, da Revita e Wilson Quintella da Cavo são atuantes em todo o Brasil, inclusive em São Paulo onde ficam as suas bases. Villa tem dirigentes de sua empresa presos em Belém do Pará, tanto ele quanto Quintella, não tem escrúpulos nos negócios que fazem. Segundo o MPF e a PF, teremos novidades na Bahia. O destaque é Vitor Souto, a quem o falecido senador ACM chamava de “O Pequeno Gangster”. Vitor atua em Salvador e em algumas cidades próximas com a sua empresa Naturalle.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: