Era digital II

Apesar do lobby contrário dos grandes bancos, como o eclesiástico Bradesco, a revolução digital no setor bancário nos próximos dois anos está garantida. Ex-dirigentes do Banco Central e de grandes instituições financeiras são os maiores investidores e entusiastas das chamadas “fintechs”. Por todo o Brasil, as fintechs já têm conquistado clientes oferecendo custos menores e soluções financeiras mais inteligentes e modernas. Na revolução digital, quem perde são os dinossauros, como estão sendo chamados os grandes bancos de varejo, que terão que desmontar suas estruturas caras e ineficientes.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: