Renúncia mal explicada

A renúncia do presidente da Cielo chamou as atenções do mercado financeiro. Muitos investidores acreditaram na versão de que Eduardo Campozana Gouveia deixou a companhia para se juntar a uma das muitas fintechs, que tem aterrorizado as grandes companhias do setor de cartões. O que a grande maioria dos analistas se esqueceram é que a Cielo será provavelmente um dos epicentros da delação de Antonio Palocci. A Cielo é a maior materialização da relação promíscua e extremamente rentável do Bradesco com Lula, Dilma e o PT utilizando o Banco do Brasil.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: