Abandonado

Um dos primeiros presos e condenados na operação Lava Jato, o deputado federal da Bahia Luís Argolo cumpriu pena em Curitiba e depois foi transferido para o Presídio da Mata Escura, em Salvador. Isolado numa ala, já tentou por quatro vezes a progressão de pena, do regime fechado para o semiaberto, e não consegue. A justiça quer que ele devolva dois milhões de reais e ele não tem. Os amigos dele sumiram e a família também. Argolo está entregue à própria o sorte.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: