STF em pé de guerra

A decisão do ministro Luiz Fux proibindo a entrevista do ex-presidente Lula ao jornal Folha de São Paulo, autorizada pelo ministro Ricardo Lewandowski, está sendo motivo de uma guerra dentro da nossa suprema corte. A divisão é clara. Do lado de Ricardo Lewandowski  estão Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Marco Aurélio. Do outro lado estão Luiz Fux, Rosa Weber, Celso de Mello, Cármen Lúcia, Luís Barroso e Alexandre de Moraes. Nos bastidores do STF o que se houve mais nos corredores é a palavra “ministro corrupto”. O presidente Dias Toffoli tem feito o possível e o impossível para baixar a bola, mas não tem o comando porque participa do jogo. Esta semana promete no STF.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: