Doce vingança II

Não foi o SBT e sim a Record que conseguiu com exclusividade uma entrevista com o presidenciável Jair Bolsonaro. A gravação foi exibida às 22 horas da última quinta-feira e bombou. Os presidenciáveis que estavam na Globo tentaram evitar a exibição do furo jornalístico, mas a justiça não atendeu. A Record bateu a Globo e além de tudo Bolsonaro conseguiu um apoio muito valioso: dos evangélicos. Quer mais?

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: