Retenção ilegal

Funcionários celetistas de empresas controladas pela Prefeitura de São Paulo, que foram demitidos na atual gestão do PSDB, não estão recebendo a multa de 40% do FGTS prevista na legislação. A medida, totalmente ilegal, segue uma orientação da secretaria da fazenda do município para as empresas e tem gerado inúmeras demandas trabalhistas dos ex-funcionários. A retenção ilegal da fazenda do município de São Paulo tem servido apenas para prorrogar o pagamento das indenizações e lembra muito as pedaladas fiscais do PT. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: