Sem máscara II

Para não perder os bilhões da publicidade estatal, Globo e Folha tem abraçado as narrativas falsas da esquerda inventadas por ex ou futuros presidiários, como a deputada eleita Gleisi Hoffman, como se fossem a única verdade. No contraponto desse conluio, a nova mídia liderada pela Crusoé, pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e pelo reinventado Estadão e seus novos canais em parceria com a Empiricus cresce e ocupa cada vez mais espaço. Diferentemente dos primeiros ainda bancados por recursos públicos, os últimos são pautados pela verdade e distribuídos em larga escala nas redes sociais.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: