Estranho silêncio

O governador eleito de São Paulo, João Doria, não fala nada sobre corrupção em órgãos governamentais paulistas já detectados pelo Ministério Público de São Paulo. O futuro secretário da fazenda, planejamento, gestão e desestatização, Henrique Meirelles, já avisou ao governador que escolherá pessoalmente os seus auxiliares, não aceitando nenhuma indicação política. Doria tem amigos genros de empreiteiros que já foram detectados e seus respectivos sogros que tem empreiteiras, já tem vigilância antecipada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: