Colônia judaica com Bolsonaro

A vinda do primeiro ministro de Israel Benjamin Netanyahu para a posse do presidente Bolsonaro, mas antes para o almoço no Rio de Janeiro, hoje, demonstra o prestígio do novo presidente junto a poderosa e milionária colônia judaica. O Brasil tem muito a ganhar.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: