Sem saber ler nem escrever, construiu um Império

João “de Deus” criou seu  Império, fazendo um trabalho que parecia que mais dava do que recebia. Criou caminhos para arrecadação de uma verdadeira fortuna, que nem os mais preparados financistas conseguiriam pensar. O dinheiro vinha de toda parte: da água fluidificada, dos comprimidos de passiflora, do banho de cristal, das livrarias, lojas de lembranças, das pedras de seus garimpos, e muitos afirmam também, de algumas lojas e pousadas que pertencem ao médium, em Abadiânia. Junte a isso, doações voluntárias de todos os cantos do mundo. Existem vários casos de enriquecimento com o uso dá Fé, em igrejas e outras entidades religiosas, mas não se ouviu falar de ninguém que tenha enriquecido tanto sozinho, e que tenha conquistado tanto prestígio no mundo com curas espirituais.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: