Pega otário

Quem acompanha de perto a briga entre o Banco BTG e a Corretora XP foi surpreendido com a oferta do fundo imobiliário XP Malls. Na oferta, os inimigos se juntaram para iludir pessoas físicas desesperadas por rendimentos um pouco maiores aos oferecidos pelos títulos públicos e CDBs de bancos de primeiro linha. Segundo um gestor ouvido pelo blog, a operação só é boa para os bancos prestadores de serviços. No caso da XP, ela ganhará dezenas de milhões vendendo caro  para os cotistas do fundo shoppings que ela comprou por muito menos. Além de comprar ativos caros, os cotistas do XP Malls terão que rezar para que, nos próximos, o comércio eletrônico não tenha no Brasil o mesmo efeito devastador sobre os shoppings que teve nos Estados Unidos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: