Blindagem I

Até então usando como carro abre alas de sua narrativa uma pretensa articulação política da prioritária Reforma da Previdência, as recentes manifestações de Rodrigo Maia como Presidente da Câmara nos alertam que suas reais intenções são outras, e não foram fatos isolados. Os movimentos de Maia escancaram a estratégia de implodir qualquer avanço das propostas de combate à corrupção. Um plano bem arquitetado, suprapartidário, alinhado com as novas lideranças do DEM, até mesmo com suposta interlocução no Palácio do Planalto. Criaram artificialmente um ambiente de caos político através de ataques a Sérgio Moro, “fim de festa” em provocação à Reforma Previdência Militares, ameaças pelo fim articulação política da reforma Previdência Geral, o inconformismo pelo novo jogo político da era Bolsonaro (cargos e verbas), um verdadeiro incêndio político com um único o objetivo: criar condições de engavetar projetos e blindar as oligarquias políticas, jurídicas e grupos econômicos “amigos” de quaisquer riscos, garantindo a manutenção do establishment incestuoso de exploração do estado vigente nos últimos 30 anos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: