O retorno do Cartel Bank

Após assinar um termo de cessação de condutas criminosas, admitir culpa e pagar milhões de multa ao CADE por ter lesado milhares de clientes brasileiros em bilhões de reais, no escândalo que ficou conhecido como Cartel do Câmbio, o HSBC voltou à imprensa brasileira para anunciar que pretende remontar um banco comercial no país. Mesmo ainda sem a licença para operar uma carteira comercial, o polêmico HSBC, que só detém uma licença de banco de investimentos no Brasil, há meses tem se posicionado perante clientes e o mercado como se já tivesse obtido as autorizações do Banco Central, o que é um crime. Para um banco acostumado a pagar multas pesadas aos reguladores de todo o mundo devido a ilícitos, a promover a lavagem de dinheiro, como ficou constatado no escândalo Swissleaks e no apoio aos cartéis de droga do Mexico, e por lesar clientes, como ficou comprovado no Cartel do Câmbio, propaganda enganosa há muito tempo faz parte do negócio. Após tantos escândalos e crimes confessos, não será uma tarefa fácil para o Banco Central, sob o comando de Paulo Guedes, ampliar a licença do HSBC no Brasil, especialmente porque na atual administração da instituição no país o que mais faltam são homens probo, de boa fé e de reputação ilibada.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: