Reforma salvadora II

Sem recursos, com orçamentos comprometidos e com despesas cada vez maiores, governadores dos estados da federação, até mesmo os da oposição, estão tendo que trabalhar duro junto às suas bancadas para convencer cada um dos deputados de que não há outra saída para para os estados e municípios, a não ser a reforma da previdência. Sem a reforma, muitos municípios já não recebem mais repasses obrigatórios para saúde e educação e já decretaram estado de calamidade. Sem dinheiro para manter o mínimo, a maioria dos governadores e dos prefeitos já temem um fiasco nas eleições municipais do ano que vem.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: