Luz amarela II

Além do Nubank, os bancos tradicionais têm que se preocupar com uma longa lista de Fintechs e bancos ainda pequenos que estão revolucionando o sistema financeiro brasileiro. Inter, C6bank e o novato BBNK (Máxima) estão mostrando que não só as contas, mas também as plataformas digitais tem um potencial enorme de substituir em pouco tempo as estruturas caras e arcaicas dos grandes bancos. Nesta revolução digital em cursos, quem ganha são os clientes, de todos os tipos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: