Retorno medíocre

O HSBC, que recentemente divulgou na imprensa sua intenção de voltar a ser um ator relevante no sistema bancário brasileiro, divulgou na semana passada os resultados de seu banco no Brasil para o exercício encerrado em dezembro de 2018. Mesmo com um capital de fazer inveja aos bancos médios e operando em um dos mercados com o maior spread bancário do mundo, o HSBC conseguiu a façanha de fechar 2018 no Brasil com um retorno sobre o patrimônio de apenas 7,0%. Com a Selic em 6,5%, o retorno do HSBC Brasil tem sido, no mínimo, medíocre, especialmente quando comparado à um de seus seus principais concorrentes, o Citibank Brasil, que também vendeu suas operações de varejo no país, mas que encerrou 2018 com um retorno sobre o patrimônio de cerca de 20%, ou seja, quase três vezes maior.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: