A Odebrecht prende agora mais um no exterior

Depois do suicídio do ex-presidente do Peru, cujo enterro foi cercado de denúncias contra Odebrecht, agora mais um ex-presidente peruano é preso por ter recebido suborno da empresa baiana. O nome dele é Pedro Pablo Kuczynski. Como se vê nos países sérios os políticos ou empresários envolvidos na corrupção são imediatamente julgados e presos graças a agilidade da justiça desses países. Já no Brasil, Lula está preso só por uma ação de suborno e tem vários processos na fila, o ex-presidente Michel Temer tem uma dezena. Os ex-ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha além de nomes como Gilberto Kassab, José Serra, Geraldo Alckmin e Ciro Nogueira, para citar apenas alguns, continuam na fila.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: