Um confronto que não é bom para o Nordeste

As agressões que alguns governadores do PT e do PCdoB do Nordeste estão dirigindo ao presidente Jair Bolsonaro têm irritado a equipe ministerial do governo. Essas críticas são reforçadas por alguns parlamentares nordestinos e com isso quem perde é o Nordeste. O governador da Bahia, Rui Costa, depois do episódio de Vitória da Conquista, foi ao palácio do planalto. Não esteve com o presidente Bolsonaro, mas com o núcleo militar do governo. Tudo isso traz prejuízo para o Nordeste, que por sinal é a região do Brasil que mais sofre com falta de recursos.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: