Fora do páreo

Denunciada por participar de esquemas de corrupção e após ter centenas de milhões bloqueados pela justiça, a AEGEA, uma das maiores operadoras privadas de saneamento no país, deverá ter enormes dificuldades para participar da privatização da Embasa. Uma das grandes idealizadoras do formato de concessão das regiões que deverá ser oferecido ao mercado pelo governo baiano, a AEGEA será barrada no baile por seus concorrentes por sua inidoneidade.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: