A vingança

Os herdeiros de Roberto Marinho estão esquecidos de que, quando ACM era o dono da Bahia, destruiu os dois princiapais jornais do estado, o Jornal da Bahia e A Tarde. Deu também um tiro fatal na televisão Aratu, que retransmitia a programação da Globo, retirada e colocada na emissora do senador, a TV Bahia. Aí o Grupo Globo não falou em liberdade de imprensa, muito menos em democracia. Os herdeiros de Roberto Marinho agora pagam com a mesma moeda o que ACM fez com os dois principais jornais da Bahia e a TV Aratu. Os herdeiros das famílias que foram prejudicadas lembram agora uma frase de um velho político baiano: “quem tem com quem me pague, nada me deve.” Agora os jornalões vão perder mais de um bilhão de reais com a não publicação de balanços e balancetes de empresas.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: