Esgoto bilionário dos tucanos

Quem visita São Paulo no inverno fica impressionado com o mal cheiro dos Rios Pinheiros e Tietê, que cortam a cidade em grandes extensões. Mesmo após de bilhões de investimentos nas gestões tucanas de Covas, Alckmin, Serra e agora Doria, os rios de São Paulo não passam de esgotos a céu aberto. No novo Brasil que surgiu no pós Lava Jato, paulistanos ainda aguardam o dia em que os tucanos terão que devolver parte do dinheiro que deveria ter sido utilizado para despoluir o rio, mas parou em outro lugar.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: