O Rio sofre

Depois que o governo acabou com a Lei Rouanet, o Rio de Janeiro sofre um jejum de espetáculos artísticos e shows musicais. A Ancine já não financia nada. A indústria cinematográfica carioca pede socorro. Os grandes musicais desapareceram, nomes como Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil e outros engajados politicamente já não fazem espetáculos na cidade maravilhosa. O Grupo Globo também está ausente em matéria de espetáculos, já não promove festivais e apenas contrata espetáculos privados. É uma pena que o engajamento político de muitos atores e atrizes tenham levado o Rio de Janeiro a essa solidão cultural.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: