Marcelo comemorou a prisão do cunhado

Em São Paulo, onde cumpre prisão domiciliar, Marcelo Odebrecht comemorou a prisão do cunhado Maurício Ferro. A Odebrecht tem uma dívida de quase R$100 bilhões e com a União de quase R$10 bilhões. A presidente do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann, foi a única figura a defender a Odebrecht, aliás com razão já que a empreiteira deu muito dinheiro a ela, ao marido e ao partido. Foram bloqueados R$50 milhões de Ferro. Segundo o cunhado, ele tem muito dinheiro lá fora. Ele só sairá da prisão em Curitiba quando abrir as quatro chaves de criptografia encontradas na sua residência.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: