BTG ou BTJ

Na região da Faria Lima em São Paulo, as apostas sobre o futuro do banqueiro André Esteves dominaram as mesas de bares e restaurantes desde a última sexta-feira de manhã. Ex-sócios de peso, que optaram por deixar a instituição após a prisão de Esteves, já se articulam para comprar, em conjunto com um fundo soberano, a posição do banqueiro caso ele retorne para a cadeia. O receio dos executivos e do fundo soberano é que suas ações passem a valer ainda menos pelo risco de BTJ ou “back to jail”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: