Prefeito de Salvador é responsabilizado pela crise entre taxistas e Uber

Ontem a capital da Bahia viveu um inferno quando a Câmara Municipal da cidade negociava uma convivência entre donos de táxis e motoristas de aplicativo. Ocorre que este problema já perdura há mais de um ano. Dos dois lados o prefeito ACM Neto sofria críticas contundentes já que é responsabilizado por ter amigos que atuam no setor. Neto vai pagar um preço muito caro nas eleições municipais que vêm aí. Os taxistas afirmam que não votarão nele em hipótese nenhuma. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: