DEM baleado em São Paulo e no Rio

Os dois candidatos que o DEM tinha esperanças para eleições majoritárias foram atingidos esta semana. O ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, não conseguiu que o STF isentasse o seu nome no processo da Lava Jato. O vice-governador de São Paulo também foi incluído na delação premiada de um agente público que atuava nos governos do PSDB, isto é, de Alckmin e José Serra. Na corrupção do metrô o atual vice-governador, Rodrigo Garcia, está inclusive no exercício do governo diante da viagem de Doria para o exterior. Como se vê todos eles em São Paulo receberam dinheiro da Odebrecht, da Andrade Gutierrez e da Camargo Corrêa, evidente que negam. O presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia, e seu maior aliado prefeito de Salvador ACM Neto, também não têm nenhuma chance em eleições para sucessão presidencial. O curioso é que recentemente Rodrigo Maia disse ter feito aliança com o governador de São Paulo e seu amigo o prefeito de Salvador ACM Neto afirmou não ter conhecimento de nenhum acordo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: