STF, os pais da corrupção no Brasil

Quando seis procuradores da Lava Jato pedem para sair em razão da parcialidade da ex-procuradora-geral da República, Raquel Dodge, quando Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes e Dias Toffoli começam a evitar ação da Lava Jato, fica claro que o STF não ajuda a democracia e joga no lixo o antigo prestígio que tinha o Supremo Tribunal Federal. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: