7 de setembro foi de Moro, Bolsonaro e o nascimento de uma nova rede de tv no Brasil

Brasília teve um 7 de setembro que vai ficar gravado. Bolsonaro conseguiu que o povo atendesse ao seu pedido. O verde e amarelo dominou o desfile cívico-militar. Moro e ele desceram do palanque oficial e foram festejados pelo povo. Moro reafirmou seu prestígio popular, principalmente com a ala feminina. Bolsonaro foi na onda. No palanque oficial o presidente teve ao seu lado os dois maiores empresários da TV no país: Silvio Santos, dono do SBT, e Edir Macedo, dono da Record. Tudo isto transmitido ao vivo pela Rede de TV Brasil, que estreou com o pé direito e mereceu elogios de brasileiros de dentro do país e os que residem fora do Brasil. A Rede TV Brasil foi impecável na transmissão ao vivo. Brasília, São Paulo e Rio eram vistos simultaneamente através de uma equipe de repórteres competentes, jovens e bonitas. O Grupo Globo, que não transmitiu nada e sequer noticiou, sofreu mais uma grave derrota e vai pagar caro porque possibilitou que todos vissem o nascimento da Rede TV Brasil. A Globo não fez falta e nem fará. Neste sábado, a Rede TV Brasil foi a grande vencedora no setor de telecomunicações do país, teve uma visibilidade impressionante e soube aproveitar.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: