Aras mergulha diante das pressões

O baiano Augusto Aras, desde que foi apontado pelo presidente Jair Bolsonaro para a Procuradoria-Geral da República, mergulhou em Brasília. Ele vem apanhando porque não estava na lista tríplice e por conta de uma declaração atribuída a ele que é contra a Lava Jato, que ele já desmentiu. Na Bahia ele atuou como procurador da República e foi professor da Universidade Federal da Bahia.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: