Parceria sem sentido

As conversas entre o banco suíço UBS, que tem sua história marcada por lavagem de dinheiro e corrupção nos países que atua, e o Banco do Brasil, para criação de um banco de investimentos demonstra que o governo de Jair Bolsonaro ainda precisa melhorar muito seus quadros na área financeira. Quem conhece o Banco do Brasil sabe que o banco não precisa de uma parceria com picaretas suíços. O que a instituição precisa é continuar valorizando seus quadros internos, como sempre fez.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: